Páginas

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Mais problemas no Congeapa de Campinas, o vídeo parece que apenas abriu uma brecha para as denúncias, elas estão circulando nas redes. A sociedade não aceita irregularidades e cobra legalidade e transparência

Mais problemas no Congeapa de Campinas, o vídeo parece que apenas abriu uma brecha para as denúncias, elas estão circulando nas redes. A sociedade não aceita irregularidades e cobra legalidade e transparência.
Assista os vídeos:
-"Pau" no Congeapa:
http://www.youtube.com/watch?v=Lpelqh9OM1I&feature=related
-Reunião de posse do conselho Congeapa (17/4/12): http://www.youtube.com/watch?v=4u_7YZLX0tI&feature=endscreen&NR=1
Segue abaixo matéria do Jornal Todo Dia de 20/4/12 e vários anexos:
-Anexo 1c- Matéria Correio Popular de 21/4/12
Entidades de bairros e ambientalistas divulgaram nota ontem afirmando que o Conselho Gestor da Área de Proteção Ambiental de Sousas e Joaquim Egídio (Congeapa) tem sido nos últimos anos apenas um avalista das degradações e dos inúmeros empreendimentos que tem surgido na APA. Para as entidades, a ausência de um planejamento ambiental eficiente e protetor, a ineficácia da fiscalização, a ausência do controle social-ambiental desse conselho, “tem levado à licenciamentos ambientais gravíssimos para a manutenção ecológica da APA de Campinas”.
Responsável pela participação autônoma e organizada da comunidade nas definições de políticas para o desenvolvimento sustentado na APA e também por acompanhar a sua aplicação, o Congeapa tem caráter deliberativo e, por isso mesmo, é alvo de disputadas políticas.
O manifesto das entidades (Anexo 2c) está assinado pela Sociedade de Proteção da Diversidade das Espécies (Proesp), Instituto Jequitibás, Associação de Moradores do Guará, Associação de Moradores Vale das Garças, SOS Mata Santa Genebra — Mobilização da Sociedade e SOS Campinas BarãoGeraldo Presente, Associação dos Amigos e Moradores de Joaquim Egídio (Amaje) e Movimento Resgate o Cambuí.
Conforme a nota, “ao invés do Congeapa se fortalecer enquanto espaço público e força aglutinadora, ele se enfraqueceu deixando de atuar como força da sociedade, sendo fiscalizadora e regulamentadora da iniciativa privada, confundindo-se com esta e vivendo uma indistinção entre o público e o privado”
-Anexo 3c-Informação da secretaria de gestão e controle sobre as ilegalidades na eleição do Congeapa.
-Anexo 4c- Facebook-San Conrado divulga manifesto do Presidente da AMAJE.
-Anexo 5c- Algumas datas e nomes presidentes Congeapa
-Anexo 6c -Editorial Correio Popular de 22/4/12 .
Lamentável que a sociedade, que deveria se mostrar organizada e preparada para reivindicar e defender seus direitos, esteja representada de forma tão grotesca e abominável.
É preciso extirpar esse tipo de comportamento se a entidade pretende se legitimar perante o poder público e os cidadãos que diz representar. Dissensões nesse nível são difíceis de superar e cabe ao grupo organizado preparar uma nova forma de
interação com o poder público, como indivíduos com plenos direitos políticos.
Observação nossa- Lamentável, mas talvez o começo de uma grande e necessária mudança.
-Anexo 7c-Reunião realizada com apenas TRÊS secretários.
-Anexo 8c- emails que circulam na Net.
-Anexo 9c-denúncia de nomeação
Nº CAO: 80612007 Nº Documento: 305/07
Município: CAMPINAS
Assunto/Ementa: DENÚNCIA DE NOMEAÇÃO DE SERVIDOR COMISSIONADO COMO CONSELHEIRO DO CONGEAPA.
PRODESP - REPRESENTANTE
FRANCISCO DE LAGOS VIANA CHAGAS - REPRESENTADO
-Anexo 10c- Atas e deliberações sem registro de número de reunião.
-Anexo 11c-Editorial Correio Popular 22/4/12 e manifesto AMAJE
"É lamentável a falta de capacidade em analisar um fato ocorrido e de distorcer a verdade por parte do editor deste jornal."

-Anexo 12c-Manifesto Congeapa -Empreendimento Loteamento Residencial GHEPHEN (seria bom divulgarem a reunião de 4/4/10 , data de analise desse empreendimento)
-Anexo 13c-Na reunião de 29/7/07 , tendo Giselda como presidente do Congeapa, é convidado o Sr Fuad J Cury da empresa COMURB , para apresentar o Loteamento Residencial Três Pontes do Atibaia.
Em 2008 Giselda participa da equipe de estudo da COMURB nesse empreendimento.
-Anexo 14c-Alair presidente Congeapa recebe processo relativo ao Loteamento Residencial Três Pontes do Atibaia , mas analisa Loteamento Reserva Araucárias.
-Site Congeapa não tem as informações necessárias, como as atas, por exemplo http://www.congeapacampinas.com.br/
Movimento Resgate o Cambuí
membro do conselho Congeapa

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

http://portal.tododia.uol.com.br/?TodoDia=cidades&Materia=670980&dia=20&mes=04&ano=2012 20/4/12

CONGEAPA

Briga escancara guerra imobiliária em Campinas

Aval da entidade é essencial para construções; indicações são disputadas

Bruno Dias | TodoDia Imagem

Alair Godoy, secretário de Planejamento de Campinas: situação problemática

MARCELO VILLA 

CAMPINAS 

A troca de socos entre dois participantes da reunião do Congeapa (Conselho Gestor da Área de Proteção Ambiental de Campinas), na noite de terça-feira, revelou mais que ânimos exaltados. Os conselheiros do órgão estão em pé de guerra para conquistar os cargos da diretoria que estão vagos desde dezembro. O racha paralisa a fiscalização sobre empreendimentos imobiliários e projetos desenvolvidos na APA, alvo das críticas de ambientalistas. 

Os projetos de construção e ocupação urbana da região só podem ser analisados pela prefeitura depois de terem sido aprovados pelo Congeapa. Só em Sousas, existem 15 condomínios residenciais em fase de aprovação. 

A eleição da nova diretoria, que poderia solucionar o impasse e estava prevista para a próxima terça-feira, foi adiada ontem pela Secretaria de Planejamento. “Em função de todo esse forrobodó que ocorreu, vamos analisar melhor a situação antes de realizar a eleição”, disse o secretário, Alair Godoy. Ocorre que Godoy também é candidato à diretoria, tenta reeleger-se vice-presidente e sua atuação desagrada grupos de ambientalistas. 

O conselho gestor está inoperante desde o final do ano passado, quando venceu o mandato da última diretoria, eleita para o biênio 2010-2011. O término da gestão coincidiu com a crise política e a troca de prefeitos no Palácio dos Jequitibás, o que acabou esvaziando as tentativas de eleger novos conselheiros. 

Na última terça-feira, com mais de quatro meses de atraso, o Congeapa finalmente escolheu os 27 conselheiros, mas a eleição da diretoria, que estava prevista para a mesma noite, foi adiada. Quando essa decisão já havia sido tomada, ocorreu a briga entre dois participantes que foi gravada e postada no site YouTube. 

Ontem, depois do incidente repercurtir na imprensa, o vídeo alcançou mais de 2 mil acessos e a eleição foi adiada mais uma vez. 

APELO 

No Facebook, a Proesp (Sociedade Protetora da Diversidade das Espécies) divulgou um manifesto no qual critica o atual modelo de direção do Congeapa e acusa o secretário de Planejamento de defender interesses imobiliários. “Não é mais possível que Campinas aceite tais ações e compadrios entre o público e o privado”, diz o documento. Outras cinco ONGs ambientalistas assinam o manifesto que conclama Godoy a desistir da candidatura de vice-presidente do Congeapa. 

O secretário rebate as acusações e diz que sua atuação no Congeapa ao longo de 11 anos, seja como conselheiro ou vice-presidente, ajudou a consolidar a credibilidade do órgão. “Hoje a Cetesb não emite licença na região da APA sem parecer do Congeapa. Esses grupos que fazem críticas nem participam do conselho, só têm a intenção de tumultuar”, disse.










Para acessar os anexos  clique nos links: https://docs.google.com/document/d/1JhYaw6mtYDj4MW_-tS22OaPflGhTWJT4pGMseU5Fx9g/edit#


https://docs.google.com/file/d/0Bw7HGWrSNOl5dlZQclFVYTlrQUE/edit

https://docs.google.com/file/d/0Bw7HGWrSNOl5NVhfc3lnd0lLTTA/edit



Um comentário:

  1. Desde o primeiro governo do Dr. Hélio os conselhos tem sido renegados a segundo plano (praser otimista). Democracia participativa, gestão compartilhada, transparência nos gastos públicos e controle social são pedras nos sapatos de alguns governos porque dificultam atos de corrupção. O Cengeapa (assim como os demais conselhos municipais de Campinas) é um conquista.
    TODA A POPULAÇÃO DE CAMPINAS É RESPONSÁVEL PELA APA!

    ResponderExcluir