Páginas

sábado, 28 de agosto de 2021

Mais uma sibipiruna salva no Cambuí...

 


Mais uma sibipiruna salva no Cambuí...

Rua Diogo Prado 264

BILD Desenvolvimento Imobiliário queria extrair,vejam abaixo nos documentos.


Vejam as árvores no vídeo:
https://www.youtube.com/watch?v=dgiiZV0XuPE







Mais uma sibipiruna salva no Cambuí...

https://drive.google.com/file/d/1LVPAWYzbluA5_gd_-yv1JibjmIR2iiN_/view?usp=sharing


Parecer Comdema-aprovado pelo pleno do COMDEMA

https://drive.google.com/file/d/1d4rI-eo1d3Gm4n-phagUKvBi5TYRcyxd/view?usp=sharing

e no DOM -sem o laudo

  https://www.campinas.sp.gov.br/uploads/pdf/1410305567.pdf#page=25


Parecer Protocolo 2021000425 com laudo em anexo Protocolo 2021000425 de interesse de CPS BILD Desenvolvimento Imobiliário 39 SPE Ltda, com pedido de licença prévia para Edificações e Condomínios Horizontais, Corte de árvores isoladas.CNPJ 38.372.099/0001-25 Localização: Rua Diogo Prado 264 Código cartográfico: 3421.42.43.0145.01001.Macrozona: Estruturação Urbana Área do Terreno: 2.067,30m² Área construída a licenciar: 12.678,88m²



PARECER Nosso parecer é negativo até que tenhamos as respostas e/ou informações dos 9 itens constantes nas observações abaixo: 

Obs 1-Se forem aglutinadas ,terá que ser feito um novo licenciamento pois as áreas serão diferentes deste LAO. Solicitamos informação sobre as duas matrículas faltantes. 

Obs 2- Documentação com quantidades de supressões diversas , de difícil compreensão. 

Obs 3- Falar que o terreno é pequeno não é a realidade pois a frente do terreno tem 35 ms na planta.E querem aglutinar mais dois imóveis, segundo o contrato social. 

Obs 4-O indivíduo de nº 04 é o mais importante de todos para a arborização do bairro. Trata-se de uma sibipiruna em ótimo estado fitossanitário.Ela precisa ser preservada. 

Obs 5- Aqui a Sanasa já está contando com as matrículas aglutinadas , citadas no contrato social ? 

Obs 6-Solicitamos esclarecimentos sobre a diferença de extrações. 

Obs 7-A árvore de nº 4 não está dentro do terreno e pelas plantas que estão no LAO  não é possível saber a sua localização exata. Solicitamos uma planta que detalhe tanto o posicionamento da árvore na calçada quanto a distância dela e do futuro acesso de veículos, contendo todas as metragens. Conforme já dito acima, essa sibipiruna de nº 04 é muito importante para o Cambui.Na realidade todas são importantes pois no bairro faltam mais de 6.000 árvores se formos cumprir a lei 11.571 de 2003. 

Obs 8-Solicitamos que seja esclarecida a validade da lei do plano diretor de 2006 como fundamento da taxa de permeabilidade. 

Obs 8.1- Como é de conhecimento da SVDS, temos no bairro Cambuí constantes problemas advindos da falta de rede de águas pluviais. Esta situação é bastante agravada pelas inclinações e dimensões de sarjetas existentes que dificultam ainda mais o escoamento das águas pluviais. Portanto, há que se verificar a situação prevista no projeto em referência de modo que o despejo de águas pluviais não contribua de forma negativa com o acima exposto. Trata-se de local muito comprometido quanto ao destino de águas pluviais e o projeto deverá contemplar estudos que levem esta situação em consideração e preveja soluções benéficas e vantajosas para a coletividade. 

Obs 9- É importante que a SVDS ao invés de apenas receber a documentação, comprove no local o que está sendo analisado pois não é de hoje que os licenciamentos apresentam incongruências. Sugerimos a imposição de penalidade ao responsável técnico, caso haja irregularidade comprovada nas informações técnicas por ele prestadas. 






Atualização 12/9/21


Em setembro de 2021 a secretaria do verde emitiu o parecer conclusivo, e o empreendedor enviou uma resposta ao Comdema-links dos documentos:


Outra sibipiruna salva anteriormente no Cambuí:

 https://blog.individuoacao.org.br/2018/06/salve-sibipiruna-do-cambui.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário