segunda-feira, 16 de abril de 2012

Monsanto acusada de envenenar trabalhadores e causar defeitos congênitos devastadores

Esta é a mesma Monsanto da qual é dona do mercado brasileiro de sementes... Ou seja, de toda a nossa alimentação... Veja a notícia:


Em uma notícia desencadeada pela News Wire , a Monsanto está sendo levada a tribunal por dezenas de argentinos agricultores de tabaco que dizem que a gigante de biotecnologiaintencionalmente envenenou suas plantações com os herbicidas e pesticidas e, posteriormente, causou defeitos de nascimento "devastadores" em seus filhos.

Os agricultores estão processando não só a Monsanto, mas muitas gigantes do tabaco, Os defeitos de nascença que os agricultores dizem que ocorreram como resultado são muitos, e incluem paralisia cerebral, síndrome de down, retardo psicomotor, falta de dedos, e cegueira.

Os agricultores vêm de pequenas fazendas na Província de Misiones e vendem seus tabacos para muitos distribuidores dos Estados Unidos.

Os agricultores dizem que grandes empresas de tabaco como a empresa Philip Morris pediu-lhes para usar herbicidas e pesticidas da Monsanto, assegurando-lhes que os produtos eram seguros.

Apesar das empresas afirmarem que os produtos químicos tóxicos estavam a salvo, os agricultores em alegação, dizem que as companhias de tabaco "injustamente causou a demanda de doenças dos pais e de crianças a serem expostos a esses produtos químicos, ocorrendo defeitos congênitos devastadoras. "

A maioria dos agricultores, usa um herbicida da Monsanto chamadoRoundup, com o ingrediente ativo glifosato, que tem mostrado matar células de rim humanas. Além disso, os agricultores reclamam da falta de equipamentos de proteção.

Em outras palavras, esses agricultores - muitos em péssimas condições econômicas - estavam sendo diretamente expostos ao Roundup em grandes concentrações sem qualquer equipamento de proteção (ou até mesmo experiência ou habilidade em lidar com a substância).


O mais chocante,é que os agricultores foram obrigados a descartar restos deherbicidas e pesticidas diretamente no abastecimento de água., isso vem como uma séria ameaça ao abastecimento de água pura.

Os agricultores querem uma explicação sobre o por que as empresas de tabaco permitem herbicidas e pesticidas da Monsanto serem descarregado sobre suas pequenas plantações em quantidades tão grandes e comprados em quantidades excessivas.

Em sua alegação, o Estado diz que as empresas de tabaco foram "motivados por um desejo de ganho econômico injustificado e lucro", com zero de consideração para com os agricultores e seus filhos infantis - muitos dos quais estão agora sofrendo de graves defeitos de nascença causados pelos produtos da Monsanto.

Texto traduzido do Inglês:

Fontes: http://naturalsociety.com/ e http://nosdiasdenoe.blogspot.com.br/
Postado por LIBERTAR às 01:10

Leia mais: http://www.libertar.in/2012/04/monsanto-acusada-de-envenenar.html#ixzz1sECbK5rb


Nenhum comentário:

Postar um comentário