quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

A tentação de sentir-se poderoso

Por circularem na companhia de figuras públicas, freqüentarem ambientes onde são tomadas decisões e publicarem o que viram ou ouviram falar de importante, jornalistas imaginam que têm poder ou que fazem parte do poder.

Têm poder até o momento em que são despedidos. Fazem parte do poder se concordam em servir aos que de fato o detêm.

Os donos de jornal e dos demais meios de comunicação, estes sim, são poderosos. Porque não podem ser despedidos – no máximo, quebram. E porque a mídia é cada vez mais poderosa no mundo. Sem ela não se governa. Sem ela não se ganham guerras. Sem ela não se fazem negócios.

Continue lendo no blog: http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2011/12/28/a-tentacao-de-sentir-se-poderoso-423380.asp

Nenhum comentário:

Postar um comentário