terça-feira, 18 de novembro de 2014

Reunião com ANA e DAEE




















Reunião com  ANA e DAEE
Data: 18/11/14 (3a feira)
Horário: 14h00
Local: Anfiteatro IAC, na Avenida Barão de Itapura 1.481- Botafogo-Campinas(SP)
Objetivo:

Esta reunião tem como objetivo consolidar regras e condições de restrição de uso para captações de água em corpos d’água superficiais de domínio da União e do Estado de São Paulo, localizadas nas áreas das bacias hidrográficas dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (UGRHI 5), já discutidas em reunião pública realizada em 1º de outubro e que foram objeto de contribuições dos usuários de água das bacias.


Atenção para o fato dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí estarem "pedindo socorro" desde o começo do ano:

Importante lembrar que os rios tem pontos de captção irregulares:

assoreamento:

muitos problemas juntos:
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Informações sobre o tema:




1-Eventos desde 2013:
1.1-Evento: Seminário "O futuro da água em Campinas" https://www.youtube.com/watch?v=XIyFHifm7TQ  5/4/13
1.2-Reunião MP-Sistema Cantareira 10/2/14 (1/33) http://www.youtube.com/watch?v=CN6aUnz60YA   10/2/14
1.3-Câmara Campinas-crise hídrica (1/24) https://www.youtube.com/watch?v=eGNbVuG1fFM  17/2/14
1.4-PCJ na Câmara 11/3/14 (1/4) https://www.youtube.com/watch?v=1OtL3J76DSE  11/3/14
1.5-O futuro da água 1/12 https://www.youtube.com/watch?v=1_D5GgAthdo  21/3/14
1.6-Crise hídrica –debate 25/8/14 (1/14) https://www.youtube.com/watch?v=i7wqyVisnjI  25/8/14
1.7-Concidade 17/9/14 (10/16) apresentação Sanasa https://www.youtube.com/watch?v=rp3dnSp5YEo  17/9/14

1.8-DAEE audiência barragens (1/23) https://www.youtube.com/watch?v=Sk1ig_Ktdz0  18/9/14

1.9-Audiência Pública das barragens Pedreira e Duas Pontes(1/23) https://www.youtube.com/watch?v=TU5ReCHx734  13/10/14

1.10-Água- MPF 6/11/14 (1/46) https://www.youtube.com/watch?v=1UEfG5Flkho  6/11/14





2-Projeto Água@SP :propostas para a crise da água , com colaboração de mais de 280 especialistas:
Projeto "Água@SP: propostas para a crise da água em São Paulo
http://aguasp.com.br/files/Agua_SP_PropCurto_29Out.pdff

 ...apresentando os resultados do mapeamento de propostas realizado entre agosto e setembro de 2014 e que contou com a colaboração de mais de 280 especialistas e lideranças locais de 60 municípios.... 
http://new.livestream.com/AG7/aguaspp  

3-Crise hídrica- Relatora da ONU , Sra Catarina de Albuquerque, na Sanasa em Campinas.

Falta de água pode ser considerada violação aos direitos humanos



Sra Catarina de Albuquerque Relatora Especial da ONU para o Direito à Água e ao Saneamento , em Campinas na SANASA durante um debate sobre a crise hídrica-Veja video abaixo
“Quando uma empresa de saneamento opta por distribui
r dividendos aos acionistas ao invés de investir no abastecimento, isso me parece uma violação dos direitos humanos”-Correio Popular 26/8/14
Fala da Sra Catarina 
https://www.youtube.com/watch?v=SwjmbsO_vh8

Veja tambem http://fernandorodrigues.blogosfera.uol.com.br/2014/10/21/alckmin-ataca-onu-por-critica-sobre-falta-de-agua-em-sao-paulo/  





4-Ministério Público Federal e Estadual pedem liminares para Cantareira e Alto Tietê:



MPF recorre de decisão que suspendeu revisão da retirada de água do volume morto http://noticias.pgr.mpf.mp.br/noticias/noticias-do-site/copy_of_meio-ambiente-e-patrimonio-cultural/sistema-cantareira-mpf-recorre-de-decisao-que-suspendeu-revisao-da-retirada-de-agua-do-volume-morto 
Noticias:
Cassada liminar que proibia uso do volume morto
http://correio.rac.com.br/_conteudo/2014/10/capa/campinas_e_rmc/215256-cassada-liminar-que-proibia-uso-do-volume-morto.html

ANA dá autorização para Sabesp utilizar 2ª cota do volume mortohttp://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2014/10/ana-da-autorizacao-para-sabesp-utilizar-2-cota-do-volume-morto.html

4.2-Ação MPE Alto Tiete 28/10/14-Promotores pedem liminar para evitar “irreversíveis danos ambientais” O Ministério Público, por meio do Grupo de Atuação Especial do Meio Ambiente (GAEMA) - Núcleo Cabeceiras e da Promotoria do Meio Ambiente da Capital, ajuizou, nesta terça-feira (28/10), ação civil pública ambiental, com pedido de liminar para que sejam suspensos imediatamente os limites máximos de vazão e para que seja feita revisão imediata do volume de água que tem sido retirado do Sistema Produtor do Alto Tietê (SPAT), autorizado pelo Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) à Companhia de Saneamento Ambiental (SABESP).http://www.mpsp.mp.br/portal/page/portal/noticias/noticia?id_noticia=12643754&id_grupo=+118&id_style=1
Segue o link com a ação:http://www.mpsp.mp.br/portal/pls/portal/!PORTAL.wwpob_page.show?_docname=2509300.PDF

Noticias: http://www.monitormercantil.com.br/index.php?pagina=Noticias&Noticia=161226&Categoria=CONJUNTURA http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2014-10/mp-ajuiza-acao-para-que-sabesp-reduza-retirada-de-agua-do-alto-tiete

Negado pedido para reduzir a captação 
http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,justica-nega-pedido-para-reduzir-captacao-do-sistema-alto-tiete,1585513
http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/justica-nega-pedido-para-reduzir-captacao-do-alto-tiete http://www.mancheteonline.com.br/justica-nega-pedido-para-reduzir-captacao-alto-tiete/

Alto Tiete com problemas: 
http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2014/07/1493124-apos-5-meses-ajudando-cantareira-volume-do-alto-tiete-cai-a-metade.shtml http://fotografia.folha.uol.com.br/galerias/26949-seca-no-alto-tiete#foto-415424 http://www.estadao.com.br/noticias/geral,depois-do-cantareira-estiagem-agora-ameaca-alto-tiete,1512358 http://g1.globo.com/sp/mogi-das-cruzes-suzano/noticia/2014/07/sistema-alto-tiete-pode-secar-no-final-do-2-semestre-dizem-especialistas.html

MPE recorre para reduzir captação 4/11/14

MPE recorre para reduzir captação do sistema Alto Tietê
http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,mpe-recorre-para-reduzir-captacao-do-sistema-alto-tiete,1587912


5- Desmatamento nos mananciais acentua a crise:

7-"Aliança pela Água" critica pacote bilionário de obras que não apresenta plano de emergência, não ataca as causas da falta d’água nem garante níveis seguros dos reservatórios para o próximo período de estiagem.




9-Se não chover...

ANA quer reduzir captação de água

10- Sistema Cantareira em janeiro e novembro de 2014:

11-Sabesp capta água sem autorização:
12- Videos:
Como fica o cantareira em 2015 https://www.youtube.com/watch?v=yxaV0jGiDpQ
cantareira mais seco-desolador https://www.youtube.com/watch?v=rIP-NPdyi10
Morte do sistema Cantareira https://www.youtube.com/watch?v=xUDsq6a6lTY

13-Outros Links :

http://www.diariodosudoeste.com.br/noticias/brasil/2,49611,14,02,empresa-de-saneamento-e-autuada-por-represar-rio.shtml


14-Esquema Sistema Cantareira



 












15-Esquema gasto de água no Brasil










Movimento Resgate o Cambuí

Depto de informação








“Nós não herdamos a Terra de nossos pais, mas sim a emprestamos de nossos filhos”
- autor desconhecido

9 comentários:

  1. Videos ANA/DAEE em Campinas:

    ANA e DAEE em Campinas (1/24) https://www.youtube.com/watch?v=DMBn-E1y8Yk
    ANA e DAEE em Campinas (2/24) https://www.youtube.com/watch?v=9pW9By-Pi5I
    ANA e DAEE em Campinas (3/24) https://www.youtube.com/watch?v=APb9eOU9GHc
    ANA e DAEE em Campinas (4/24) https://www.youtube.com/watch?v=zN2LHYG-rP8
    ANA e DAEE em Campinas (5/24) https://www.youtube.com/watch?v=xafGTcdrX24
    ANA e DAEE em Campinas (6/24) https://www.youtube.com/watch?v=roIvNrOTS0Y
    ANA e DAEE em Campinas (7/24) https://www.youtube.com/watch?v=oyR8FrkPmKM
    ANA e DAEE em Campinas (8/24) https://www.youtube.com/watch?v=jDxqiSlwfp8
    ANA e DAEE em Campinas (9/24) https://www.youtube.com/watch?v=ZS8aNyaVqZk
    ANA e DAEE em Campinas (10/24) https://www.youtube.com/watch?v=w7a1mT3XN5o
    ANA e DAEE em Campinas (11/24) https://www.youtube.com/watch?v=J68tOfow_Hk
    ANA e DAEE em Campinas (12/24) https://www.youtube.com/watch?v=J68tOfow_Hk
    ANA e DAEE em Campinas (13/24) https://www.youtube.com/watch?v=sK5CXWdvuTE
    ANA e DAEE em Campinas (14/24) https://www.youtube.com/watch?v=y2m4ABb8zKY
    ANA e DAEE em Campinas (15/24) https://www.youtube.com/watch?v=y4ULuY-YNlw
    ANA e DAEE em Campinas (16/24) https://www.youtube.com/watch?v=DwqmWjEFBM0
    ANA e DAEE em Campinas (17/24) https://www.youtube.com/watch?v=cSFIdqyX-2Y
    ANA e DAEE em Campinas (18/24) https://www.youtube.com/watch?v=7ncwwwFoqcc
    ANA e DAEE em Campinas (19/24) https://www.youtube.com/watch?v=x-NEos_RJlc
    ANA e DAEE em Campinas (20/24) https://www.youtube.com/watch?v=HwqUADm0boY
    ANA e DAEE em Campinas (21/24) https://www.youtube.com/watch?v=Jao9YiveJgM
    ANA e DAEE em Campinas (22/24) https://www.youtube.com/watch?v=0dR0sCH8hyg
    ANA e DAEE em Campinas (23/24) https://www.youtube.com/watch?v=j1a2jZaC37c
    ANA e DAEE em Campinas (24/24) https://www.youtube.com/watch?v=VWmggz_7x2M

    ResponderExcluir
  2. http://www2.ana.gov.br/Paginas/imprensa/noticia.aspx?id_noticia=12606

    ANA e DAEE prorrogam discussões com usuários do PCJ sobre regras de restrição de uso da água
    18/11/2014
    chamada
    Nesta terça-feira, 18 de novembro, em Campinas, a Agência Nacional de Águas (ANA) e o Departamento de Águas e Energia Elétrica de São Paulo (DAEE) se reuniram com usuários paulistas de água dos rios Atibaia, Camanducaia e Jaguari para discutir regras de restrição de uso da água na região, que faz parte das bacias dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ). No encontro no Instituto Agronômico de Campinas (IAC), a Agência e o Departamento prorrogaram até 28 de novembro o prazo para que os usuários possam enviar sugestões para as regras e condições de restrição a serem implementadas na região.

    A partir das contribuições recebidas dos usuários, a ANA e o DAEE analisarão as propostas para poderem definir quais serão incorporadas à Resolução conjunta que trata das restrições. Após esta análise, acontecerá um novo encontro com os usuários – da água bruta da região, como irrigantes, indústrias, empresas de saneamento, entre outros – para tratar da consolidação final do documento em reunião com data a ser definida em dezembro.

    Durante o encontro na tarde desta terça-feira, o diretor-presidente da ANA, Vicente Andreu; o superintendente adjunto de Regulação da Agência, Patrick Thomas; e o secretário-executivo dos Comitês PCJ, Luiz Roberto Moretti, apresentaram as regras e condições de restrição de uso aos usuários para captações em mananciais superficiais de domínio da União (os interestaduais) e do Estado de São Paulo, localizados nas bacias hidrográficas dos rios Atibaia, Camanducaia e Jaguari.

    Para Andreu, conseguir o compromisso dos usuários da região de que cumprirão as regras a serem definidas é a melhor forma para que a Resolução em debate possa ser efetivamente aplicada. “Esta é a melhor maneira para fazer que depois, quando a Resolução venha a ser editada, seja cumprida por cada um dos usuários representados nela”, conclui o diretor-presidente da ANA.

    Reunião em Extrema (MG)

    A partir das 10h desta quarta-feira, 19 de novembro, ANA e o Instituto Mineiro de Gestão das Águas (IGAM) realizarão um encontro com os irrigantes, indústrias e companhias de saneamento de corpos hídricos de domínio da União e de Minas Gerais na bacia do rio Jaguari. O objetivo também é debater regras de restrição de uso na região. No município mineiro o encontro será na Oficina Ambiental de Extrema, que fica na Avenida Waldemar Gomes Pinto, s/nº, Parque Municipal de Eventos.

    Para o trecho mineiro da bacia do rio Jaguari a montante (rio acima) da divisa entre Minas Gerais e São Paulo, a ANA e o IGAM propõem o Estado de Alerta quando o rio tiver vazões acima de 2,52m³/s e menores que 5,04m³/s no ponto de monitoramento Pires. O Estado de Restrição será para vazões iguais ou menores que 2,52m³/s. Caso esta situação aconteça, haverá redução de 20% da captação do volume outorgado aos usuários ou suspensão da captação das 18h às 23h para consumo humano e dessedentação de animais.

    Também será reduzida em 30% a captação do volume outorgado aos usuários ou suspensão da captação das 7h às 13h para uso industrial. O mesmo percentual valerá para irrigação, mas a suspensão da captação será das 12h às 18h. No Estado de Restrição, os demais usos da água serão paralisados, exceto a aquicultura. As restrições valerão para os usuários que captam tanto abaixo de 10 litros por segundo quanto a partir desta vazão.
    Texto:Raylton Alves - ASCOM/ANA
    Foto: Daniel Cardim / Banco de Imagens ANA

    ResponderExcluir
  3. http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,agencia-federal-adia-restricao-de-agua-em-sp,1594735 ral,agencia-federal-adia-restricao-de-agua-em-sp,1594735
    Agencia Federal adia restrição de agua em SP

    ResponderExcluir

  4. http://www2.ana.gov.br/Paginas/imprensa/noticia.aspx?id_noticia=12597
    ANA reúne usuários das bacias PCJ para apresentar regras de restrição de uso
    12/11/2014
    Reunião realizada em Campinas com usuários do PCJ no início de outubro
    chamada
    Em 18 e 19 de novembro, a Agência Nacional de Águas (ANA), o Departamento de Águas e Energia Elétrica de São Paulo (DAEE) e o Instituto Mineiro de Gestão das Águas (IGAM) vão reunir usuários mineiros e paulistas dos rios Atibaia, Camanducaia e Jaguari – que fazem parte das bacias dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ). O objetivo é apresentar regras e condições para captação de água nos mananciais em situações de escassez e definir os prazos para implementação das novas normas. As regras foram definidas a partir de discussões entre as instituições e os usuários das bacias PCJ. Nos encontros, em Campinas (SP) e Extrema (MG), não haverá discussões sobre retiradas de água dos reservatórios do Sistema Cantareira para a Região Metropolitana de São Paulo.

    Na reunião de Campinas, no dia 18, às 14h, a ANA e o DAEE apresentarão as regras e condições de restrição de uso a irrigantes, indústrias e companhias de saneamento para captações de água em mananciais superficiais de domínio da União (os interestaduais) e do Estado de São Paulo, localizados nas bacias hidrográficas dos rios Atibaia, Camanducaia e Jaguari. O encontro será no Instituto Agronômico de Campinas (IAC), que fica na Avenida Barão de Itapura, 1481, Botafogo.

    Em Extrema, no dia 19, às 10h, a Agência e o IGAM realizarão a reunião com os irrigantes, indústrias e companhias de saneamento de corpos hídricos de domínio da União e de Minas Gerais na bacia do rio Jaguari. No município mineiro o encontro será na Oficina Ambiental de Extrema, que fica na Avenida Waldemar Gomes Pinto, s/nº, Parque Municipal de Eventos.

    Estas reuniões são a continuação dos encontros ocorridos em Campinas e Extrema respectivamente em 1º e 2 de outubro para debater o uso da água na região, que passa por uma situação atípica de escassez de chuvas. A partir dos encontros, os usuários de água tiveram até 13 de outubro para enviar contribuições, que foram analisadas pela ANA, pelo DAEE e pelo IGAM e consideradas na elaboração das propostas de resolução que serão apresentadas nos dois encontros.

    ResponderExcluir
  5. http://www2.ana.gov.br/Paginas/imprensa/noticia.aspx?id_noticia=12607
    ANA e IGAM definem novo prazo para sugestões de usuários do PCJ sobre regras de restrição de uso da água
    19/11/2014
    chamada
    Nesta quarta-feira, 19 de novembro, em Extrema (MG), a Agência Nacional de Águas (ANA) e o Instituto Mineiro de Gestão das Águas (IGAM) definiram até 1º de dezembro – a pedido dos usuários de recursos hídricos das bacias dos rios Atibaia, Camanducaia e Jaguari – o novo prazo para que os irrigantes, indústrias, companhias de saneamento, entre outros, possam enviar sugestões para as regras e condições de restrição a serem implementadas na região. Com a decisão, o novo prazo também passa a valer para os usuários paulistas. Ontem, em Campinas, a ANA e o Departamento de Águas e Energia de São Paulo (DAEE) tinham definido o prazo 28 de novembro.

    Na manhã desta quarta-feira, ANA e o IGAM realizaram um encontro com os irrigantes, indústrias e companhias de saneamento de corpos hídricos de domínio da União e de Minas Gerais na bacia do rio Jaguari. O objetivo também foi debater regras de restrição de uso na região. No município mineiro o encontro aconteceu na Oficina Ambiental de Extrema. O superintendente adjunto de Regulação da ANA, Patrick Thomas, e o gerente de Pesquisa e Desenvolvimento do IGAM, Thiago Figueiredo, apresentaram as propostas da Resolução conjunta.

    Para o trecho mineiro da bacia do rio Jaguari a montante (rio acima) da divisa entre Minas Gerais e São Paulo, a ANA e o IGAM propõem o Estado de Alerta quando o rio tiver vazões acima de 2,52m³/s e menores que 5,04m³/s no ponto de monitoramento Pires. O Estado de Restrição será para vazões iguais ou menores que 2,52m³/s. Caso esta situação aconteça, haverá redução de 20% da captação do volume outorgado aos usuários ou suspensão da captação das 18h às 23h para consumo humano e dessedentação de animais.

    Também foi proposta a redução de 30% a captação do volume outorgado aos usuários ou suspensão da captação das 7h às 13h para uso industrial. O mesmo percentual valerá para irrigação, mas a suspensão da captação será das 12h às 18h. No Estado de Restrição, os demais usos da água serão paralisados, exceto a aquicultura. As restrições valerão para os usuários que captam tanto abaixo de 10 litros por segundo quanto a partir desta vazão.
    Texto:Raylton Alves - ASCOM/ANA
    Foto: Raylton Alves / Banco de Imagens ANA

    ResponderExcluir
  6. Usuários dos rios do Sistema Cantareira mandam propostas para combate á crise ao DAEE 1/12/14

    http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/jornal-da-eptv-2edicao/videos/t/edicoes/v/usuarios-dos-rios-do-sistema-cantareira-mandam-propostas-para-combate-a-crise-ao-daee/3802862/

    ResponderExcluir
  7. gestão sistema Cantareira
    http://www.daee.sp.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=1227:grupo-tecnico-de-assessoramento-para-gestao-do-sistema-cantareira-gtag-cantareira&catid=41:outorga&Itemid=68

    ResponderExcluir
  8. Resolução para restrição do uso-PCJ
    http://www.daee.sp.gov.br/images/documentos/cantareira/resolucaoanadaee50.compressed.pdf

    ResponderExcluir
  9. Campinas e Cantareira – um futuro sombrio

    Por José Furtado | 03/02/2015 | Uncategorized


    Campinas e região não passarão imunes do iminente colapso do Sistema Cantareira resultado da inação e falta de propostas de alternativas de curto prazo por parte de nossas autoridades. Embora São Paulo deva sofrer muito com esta situação, Campinas e região não passarão imunes.

    Dependemos da captação contínua no Atibaia e a Sanasa não tem reservas para sequer um dia da demanda regular. A vazão mínima do Atibaia, na atual estação das chuvas, é mantida pelos afluentes a jusante do Cantareira e pela própria reserva deste Sistema que é acionada quando as chuvas dimunuem.

    O gráfico mostra o quanto a RMC depende (em cinza) de águas do sistema Cantareira, mesmo em janeiro, um mês chuvoso. A diferença entre o total (vermelho) que é retirado das represas e o volume que é enviado para a Grande São Paulo (azul), é o volume do qual toda a bacia do Atibaia e Jaguari a jusante do Cantareira, depende de suas águas. Em verde o nível equivalente do Sistema, considerando que estamos usando o volume morto2.
    Caso se confirmem as previsões de que o Cantareira estará seco em maio, mês que coincide com o início da estação da seca, teremos pouquíssimas chuvas e portanto os afluentes do Atibaia terão sua vazão natural reduzida ao mesmo tempo em que a reserva do Cantareira não mais existirá. Não nos sobrando alternativas já que não há um plano B.

    Vivenciaremos um período de absoluta falta de água. Um desastre social, ambiental e econômico sem precedentes, sem planos de contingência, sem que a população esteja de fato percebendo a dimensão da catástrofe que se aproxima.
    http://www.campinasquequeremos.org/campinas-e-cantareira-um-futuro-sombrio/

    ResponderExcluir