quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Degelo impede pousos em bases da Antártida

 26 de outubro, 2012














Piloto se aproxima da pista de pouso de Wilkins

Piloto se aproxima da pista de pouso de Wilkins, que foi criada para abastecer estações de pesquisa
A pista de pouso de Wilkins, que foi construída há quatro anos para abastecer três estações de pesquisa atualmente em operação na Antártida, está comprometida por conta do degelo causado pelo aquecimento global.
Para garantir um pouso seguro sobre o gelo, é necessário que a temperatura no local seja de pelo menos -5ºC.
Ela custou cerca de R$ 96 milhões foi esculpida no gelo glacial.
Os cientistas apontam que a temperatura média na Antártida subiu 2ºC nos últimos 50 anos, um aumento três vezes maior do que o do resto do planeta.
Com este problema, o abastecimento tem sido realizado por meio de navios.

Para assistir o filme clique aqui




segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Bactéria cem vezes mais fina que fio de cabelo conduz energia, diz estudo

25 / 10 / 2012


Cientistas da Universidade Aarhus, na Dinamarca, publicaram nesta quarta-feira (24) estudo na revista “Nature” que descreve uma nova bactéria encontrada no fundo do mar que funciona como um transmissor natural de correntes elétricas.

O organismo Desulfobulbus, denominado bactéria-cabo, transmite essa corrente de elétrons de uma ponta a outra, tendo uma célula alimentadora em uma extremidade e uma célula de respiro do outro lado.

De acordo com a investigação, cada bactéria mede cerca de um centímetro de comprimento e é cem vezes mais fino do que um fio de cabelo.

Sua estrutura se parece muito com a de um cabo de eletricidade, do mesmo tipo que vemos nas ruas ou que ligam os eletrodomésticos às tomadas.

Esses organismos podem ser vistos apenas com a ajuda de microscópios e foram encontradas pela primeira vez há três anos.

Auxílio à indústria de eletrônicos – Os cientistas vão analisar os novos elementos para entender o funcionamento desses organismos, qual o papel deles na história da Terra e como esta evolução biológica pode ajudar na indústria mundial de eletrônicos.

Junto com uma série de parceiros de cooperação internacional, vários cientistas na Universidade de Aarhus já abordar as questões novas e excitantes que surgem. Desde o entendimento de bioeletrônica no nível molecular para o papel das bactérias cabo na história da Terra. (Fonte: G1)

Matéria do site ambientebrasil

Lobby contra rotulagem de transgênicos gera reflexão na Califórnia



24 de outubro de 2012

Está em jogo na Califórnia (EUA) um plebiscito para decidir a obrigatoriedade da rotulagem em alimentos geneticamente modificados, conhecida como Proposta 37.

Em torno do intenso debate gerado entre setores favoráveis e contrários ao plebiscito, tem-se fomentado questionamentos por parte da população californiana, sobretudo pelo desespero demonstrado pelas grandes transnacionais do agronegócio, como Monsanto e DuPont, ao gastarem milhões de dólares contra a proposta.

O forte lobby antirrotulagem dessas empresas do agronegócio fez com que a população se questionasse o que estas empresas têm a esconder sobre origem de seus produtos, reafirmando o velho ditado popular quem não deve nada teme.

Confira abaixo a irônica carta de um morador do estado da Califórnia à Monsatno ao observar justamente esse contraponto que instigou o povo californiano a prestar mais atenção sobre sua comida.

Cara Monsanto,

Escrevo essa carta a você para agradecer por todo o seu trabalho duro, que levará a indústria alimentícia ao futuro. Tenho visto coisas incríveis ultimamente e acredito que seus esforços tem sido o motivo principal da minha alegria e de muitos outros. Sempre me importei, assim como meus amigos, em comer alimentos saudáveis. A sua recente posição como a financiadora número um da campanha contra a medida 37 tem produzido resultados tão incríveis que eu não tenho palavras para expressar minha gratidão. Abaixo eu enumerei algumas mudanças incríveis. Penso que você merecia ouvir de um consumidor, um Americano, um Californiano, o que você fez por nós.

1 – Meus amigos e familiares agora prestam muito mais atenção em relação ao que está na comida deles e com o que eles e seus filhos se alimentam.

2 – Tenho visto pessoas que sequer se conheceriam se não estivessem lutando pela causa comum da segurança alimentar e por comida saudável. Eu mesmo interagi pessoalmente com pessoas da Rússia e África do Sul, debatendo a comida que pára na mesa deles e na minha. Eu amo amigos novos.

3 – As vendas de alimentos orgânicos explodiram! Os mercados de fazendeiros na minha cidade natal tem crescido a uma taxa incrível. Uma nova cultura de se importar com o que nossa comida realmente é começa a existir em locais onde as pessoas nunca haviam se importado com isso antes.

4 – Como consumidor, eu apenas preciso olhar a lista de doadores tentando acabar com a proposição N° 37 para saber que empresas não se importam com os seres humanos e estão apenas atrás de lucro.

5 – As duas maiores hortas comunitárias na minha cidade costumavam ter poucos voluntários diariamente; agora, há por volta de 25 a 100 voluntários TODO DIA!!

6 – Mercados locais independentes estão começando a educar seus consumidores sobre quais alimentos não contem Organismos Geneticamente Modificados (OGM).

7 – Antes, OGMs passavam por debaixo do nosso nariz. Agora todos se preocupam com a questão.

8 – Fazendeiros estão percebendo que eles não tem que se sujeitar ao poder das grandes companhias, que tentam dominá-los a ponto deles não terem outra escolha em relação a que tipo de comida plantar.

9 – Pessoas de diferentes raças, afiliações políticas, religiões, culturas e locais no mundo se uniram sob a ideia de que “o inimigo do meu inimigo é meu amigo”.

10 – Mulheres AMAM caras que se esforçam para evitar comidas falsas como as que você produz para abastecer o mundo. Se eu for para uma reunião e começar a falar dos malefícios dos OGMs, inevitavelmente conheço um monte de mulheres lindas.

Vejo tantos benefícios graças a você gastar tantos milhões de dólares para derrotar a proposta 37. Então em resumo, obrigado, deve ser tão frustrante ver seus esforços se voltando contra você e suas amigas Nestlé, Bayer, Hershey’s, Abbott, Pepsi, Coca-Cola, e todas as outras empresas. Obrigado pela sua arrogância e falta de respeito pela espécie humana. Isso nos serve para unir e fortalecer todos nós.

Atenciosamente,
Seu Amigo,
Benjamin Lantz

Fonte: MST

Matéria retirada do site OngCea


quinta-feira, 25 de outubro de 2012

apresentação conjunta de três empreendimentos imobiliários na APA (área de proteção ambiental) de Campinas .

06ª REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO COMDEMA





No dia 22/10/12,  na 06ª REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO COMDEMA (anexo 1d) houve a apresentação conjunta de três empreendimentos imobiliários na APA (área de proteção ambiental) de Campinas .
Os estudos foram feitos pela Arbórea Ambiental e Estudio Ambiental, cujos responsáveis são o ex. secretário de meio ambiente de Campinas Paulo Sérgio Garcia de Oliveira e seu sócio Gustavo Soares Junqueira.
Várias apresentações desses estudos foram feitas ao Congeapa(conselho da APA) durante a presidência de Giselda Person, que também é sócia da Arbórea.
Participa também dos estudos da Fazenda Santana da Lapa e Reserva da Mata o Sr Antonio Carlos de Almeida, sócio do secretário Alair Godoy na empresa ARG  (http://www.campinas.sp.gov.br/uploads/pdf/1876381474.pdf )
Existe vasto material sobre todos esses assuntos na mídia e na internet.

Os empreendimentos são: Sainte Hélène II , Reserva da Mata e Fazenda Santana da Lapa.
(Atenção para nota abaixo sobre a mata ao lado desses empreendimentos que é tombada pelo Condepacc e fundamental para o ecossistema e o abastecimento de água de Campinas).




Seguem os vídeos da reunião, e abaixo os anexos com dados e documentação dos empreendimentos.
-COMDEMA/APA Campinas -1/17 (Paulo Sergio apresentação Sainte Helene-Sainte Anne) http://www.youtube.com/watch?v=xmRaRN_6yGQ
-COMDEMA/APA Campinas -2/17 (Questionamentos) http://www.youtube.com/watch?v=5U-pvRm4xWc
-COMDEMA/APA Campinas -3/17 (Questionamentos)http://www.youtube.com/watch?v=3IOVWUI95aU
-COMDEMA/APA Campinas -4/17 (Questionamentos)
http://www.youtube.com/watch?v=P82IMbEMm6I
-COMDEMA/APA Campinas -5/17 (Questionamentos)http://www.youtube.com/watch?v=zQf45I1yM9E
-COMDEMA/APA Campinas -6/17 (Questionamentos)
http://www.youtube.com/watch?v=hpwaZGtR8ac
-COMDEMA/APA Campinas -7/17 (Apresentação Reserva da Mata)http://www.youtube.com/watch?v=_alAOBTdcs4
-COMDEMA/APA Campinas -8/17 (Apresentação Reserva da Mata) 
http://www.youtube.com/watch?v=SzkIYiIWXQA
-COMDEMA/APA Campinas -9/17 (Apresentação Santana da Lapa) e questionamentos-http://www.youtube.com/watch?v=t0wVdEhv2AY ver minuto 11:17 a visão da área dos 3 empreendimentos
-COMDEMA/APA Campinas -10/17 (Questionamentos) http://www.youtube.com/watch?v=W7TrBXmlAeY
-COMDEMA/APA Campinas -11/17 (Questionamentos)
h
ttp://www.youtube.com/watch?v=7Ur1HnLcSiQ
-COMDEMA/APA Campinas -12/17 (Questionamentos) http://www.youtube.com/watch?v=EVFhpEfxdCg
-COMDEMA/APA Campinas -13/17 (Questionamentos)
http://www.youtube.com/watch?v=P4VSxq9pWYo
-COMDEMA/APA Campinas -14/17 (Questionamentos)
http://www.youtube.com/watch?v=Ej2cFE0OuAQ
-COMDEMA/APA Campinas -15/17 (Arbórea/Estudio)  
http://www.youtube.com/watch?v=L77sRy01B7A
-COMDEMA/APA Campinas -16/17 (Arbórea/Estudio)
 
http://www.youtube.com/watch?v=-epGxIK0wA8
-COMDEMA/APA Campinas -17/17 (Arbórea/Estudio)  
http://www.youtube.com/watch?v=5RsUHlwOuCc




-Anexo 1d

 
-Anexo 2d -
Memorial descritivo das obras relativas ao Loteamento Ville Sainte Hélène
ESPECIFICAÇÃO DA INFRA-ESTRUTURA
Para implantação do empreendimento estão previstos os seguintes ítens:
http://www.slideshare.net/ResgateCambui/memorial-descritivo-das-obras-relativas-ao-loteamento-ville-sainte-hlne

-Anexo 3d -Sainte Hélène II  (Atenção para a mata ao lado desses empreendimentos que é tombada pelo Condepacc e fundamental para o ecossistema e o abastecimento de água de Campinas). http://www.slideshare.net/ResgateCambui/sainte-hlne-ii-14883131
Nesse local constam 2 pedidos  de licenciamento.

 Sainte Anne (prot 12/10/16218) entrou na prefeitura em 5/4/12 solicitando parecer ao Comdema.Os documentos desse processo estão em nome de Sainte-Hélène II.
 Empreendedor é SF Desenvolvimento Imobiliário Ltda.

 Ambience Empreendimentos Imobiliários ( prot. 2011/10/48082) foi para a Comissão de território em setembro de 2012 com o Parecer Técnico Ambiental n.114/2012 assinado em 07/08/12.( empreendimento de salas comerciais-já pronto- veja vídeo lançamento Centre Ville http://www.circuitofechado.com.br/centreville-rossi-campinassp )



 Ambience e SF fazem parte da mesma sociedade  http://www.jusbrasil.com.br/diarios/5189005/dosp-empresarial-30-05-2009-pg-31  da  SF Empreendimentos e Participações S.A são compostas as diretorias das sociedades controladas:Ambience Empreendimentos Imobiliários Ltda., C.N.P.J. nº 05.060.026/0001-49 e NIRE nº 35217499570; 2. Santana da Mata Empreendimentos Imobiliários Ltda., C.N.P.J. nº 07.153.451/ 0001-08 e NIRE nº 35219101590; 3. Reserva da Mata Empreendimentos Imobiliários Ltda., C.N.P.J. nº 06.169.598/0001-23 e NIRE nº 35218388461; 4. SF Administração de Bens Ltda., C.N.P.J. nº 03.422.662/0001-48 e NIRE nº 35215948229; 5. Terra Viva Incorporação e Empreendimentos Imobiliários Ltda., C.N.P.J. nº 04.993.082/0001-73 e NIRE nº 35217409082; 6. SF Desenvolvimento Imobiliário Ltda., C.N.P.J. nº 04.579.411/0001-34 e NIRE nº 35217027481
empreendimentos imobiliários
- Residencial Sainte Helene.
- Centre Ville - Espaço Comercial.
- L'Office - Condomínio Horizontal de Escritórios

-Item 4d-CONDEPACC indefere Loteamento Ville Sainte Hélène II- 
Parecer contrário da CSPC: 09 – Protocolado nº. 09/10/19848 PG. Interessado: SF Desenvolvimento Imobiliário Ltda. Assunto: aprovação de projeto de Loteamento Ville
Sainte Helene II – localizado entre a Avenida Antônio Couto de Barros e Rodovia D. Pedro I – Distrito de Sousas – em área envoltória de 300 m ao longo do perímetro da Mata da Fazenda Santana, Resolução nº. 59/2005. Parecer contrário da CSPC pelo fato de parte do empreendimento estar dentro de área envoltória da Mata Santana, não obedecendo ao que a Resolução determina para o local. O Conselho INDEFERIU conforme parecer CONTRÁRIO da CSPC a aprovação de projeto de Loteamento Ville Sainte Helene II – localizado entre a Avenida Antônio Couto de Barros e Rodovia D. Pedro I – Distrito de Sousas – em área envoltória de 300 m ao longo do perímetro da Mata da Fazenda Santana, Resolução nº. 59/2005 pelo fato de parte do empreendimento estar dentro de área envoltória da Mata Santana, não obedecendo ao que a Resolução determina para o local. Nada mais havendo, o vice-presidente Marcelo Alexandre Juliano agradece a todos e encerra a reunião, da qual eu, Rita de Cássia Barthasar de Paula, transcrevo a presente Ata, que deverá ser aprovada pelo CONDEPACC. Campinas, 18 de junho de 2009.


-Ítem 5d-CONDEPACC tomba mata ao lado desses empreendimentos
3.5.1.  Mata da Fazenda Santana
O Conselho de Defesa do patrimônio Artístico e Cultural de Campinas (Condepacc) tombou a mata e as nascentes da Fazenda Santana, no distrito de Sousas. O tombamento visa proteger essa área vegetal.
Essa mata é de fundamental importância para o ecossistema local, pois protege a margem direita do Rio Atibaia no trecho onde a Sociedade de Abastecimento e Saneamento S. A. (Sanasa) capta água para abastecer Campinas.
A importância do reconhecimento dessa mata como patrimônio da cidade está na possibilidade de o instrumento de tombamento tornar-se uma garantia de intocabilidade da vegetação. [2]


 -Ítem 6d-Reunião Congeapa 5/7/11 http://www.campinas.sp.gov.br/uploads/pdf/1599155209.pdf , onde é deliberado pelo conselho um encaminhamento de ofício para reavaliação das licenças concedidas das obras construídas...dentro e à frente do empreendimento Ville St Helene.Pela lei da APA  art 64 só podem ser construídas obras com dois pavimentos e não  comenta sobre declividade.


Condominios Parque e reserva Araucaria, St Helene e St Helene 2 , Pq das Hortencias e Arboretto dos Jequitibas terão como destino essa estação de esgoto.

-Ítem 8d -Leis
Lei 6.902/81 http://www.jusbrasil.com.br/legislacao/110257/lei-6902-81  (áreas de proteção ambiental)
Lei 10.850/01 http://www.campinas.sp.gov.br/bibjuri/lei10850.htm  (cria a APA  Campinas)
Link Congeapa- Conselho Gestor da APA  de Campinas  http://www.congeapacampinas.com.br/


-Anexo 9d-Tabela Graprohab 2005
354 524/05 22/11/2005 CAMPINAS LOTEAMENTO RESIDENCIAL VILLE SAINTE HÉLÈNE GLEBA 96 - QUARTEIRÃO 30.022 - ANTIGA GLEBA A1A – DESThttp://www.slideshare.net/ResgateCambui/tabela-graprohab-2005-14883237

-Anexo 10 d  - ANA MARIA VIEIRA FERNANDES-A mercantilização da natureza e as novas territorialidades nos distritos de Sousas e Joaquim Egídio (Campinas-SP)
...Podemos citar o caso do “Residencial Ville Sainte Helene”, localizado na entrada
de Sousas, como loteamento que já “nasce” fechado. Este empreendimento de alto
padrão possui a aprovação e a parceria da empresa Arbórea Ambiental, que é
responsável pelos primeiros licenciamentos de alguns loteamentos nesta e em outras
regiões de Campinas...
..Outro exemplo de loteamento que já nasce fechado é o Parque das Araucárias.
Assim como o exemplo anterior, ele já nasce fechado, porém, apenas os terrenos estão
à venda, o que demonstra não ser condomínio....
-Anexo 11d - Jornal Local
Mais um crime ambiental na APA -Devastação irregular provocou o assoreamento de tres lagos na Fazenda Santana.http://www.slideshare.net/ResgateCambui/jornal-local-mais-um-crime-ambiental-na-apa


-Ítem 12d  -
DECRETO Nº 15.406 DE 09 DE MARÇO DE 2006
Aprova os Planos de Arruamento e Loteamento da Gleba nº 96, Pertencente ao Quarteirão 30.022 – Antiga Gleba A1 a Destacada da Fazenda Santa Helena, Objeto da Matrícula n°. 3.305 do 4° Cartório de Registro de Imóveis de Campinas, de Propriedade de Ambience Empreendimentos Imobiliários Ltda., Localizada entre a Rodovia Heitor Penteado, Gleba A1 da Fazenda Santa Helena, Rodovia D. Pedro I e o Residencial Parque das Araucárias, Denominado "Ville Sainte-Hélène"


-Ítem 13d-Assoreamento do lago da Fazenda Santana
..as principais causas: I) os dois loteamentos possivelmente contribuíram, mesmo com o licenciamento ambiental; II) a  adutora da Sanasa; III) a erosão a partir da pista do DER, IV) a transposição (bueiro) do DER e V)duas áreas vizinhas (terrenos) com solo exposto há muitos anos...



-Ítem  14d- Opinião-Márcia Correa-Jornal local
..Na APA de Sousas e J. Egidio, área onde se encontram grande parte destes aqüíferos, importantes para a vazão da bacia do Piracicaba, Capivari e Jundiaí, temos assistido uma série de empreendimentos, que nem passam pelo crivo da Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente...



-Anexo 15d-Doc Graprohab residencial Ville Sainte Hélène
Proprietário Ambience Empreendimentos Imobiliarios Ltda
Localização: Gleba "96"-Quarteirão 30.022-antiga gleba A1A


-Ítem 16d-Reunião Congeapa 28/6/11-Passivo ambiental do Corrego Santana
. Tema 4. Passivo
Ambiental do Córrego Santana - A Prefeitura Municipal de Campinas (PMC) já detém projeto para desassorear o local e o Congeapa solicita que se inicie o desassoreamento no fase inicial de implantação do projeto;


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Empreendimento Ville Sainte Hélène










Empreendimentos ao lado:






 

O Parque das Araucárias é o primeiro loteamento a ser implantado dentro da APA de Campinas - Área de Proteção Ambiental. Uma região onde a flora, a fauna e os recursos hídricos são especialmente protegidos













Reserva das Araucárias

Reserva das Araucárias está localizado na Av. Antonio Couto de Barros, antiga estrada Heitor Penteado que liga Campinas à Sousas, com entrada bem em frente ao clube cultura

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------




  



Fazenda Santana da Lapa:
-termo de compromisso de ajuste de conduta,
para cumprimento integral do estabelecido no Plano de Recuperação da Área Degradada - PRAD, cuja finalidade é a recuperação de área degrada - Fazenda Santana da Lapa. Valor: R$ 697.536,91 (seiscentos e noventa e sete mil, quinhentos e trinta e seis reais e noventa e um centavos)http://www.jusbrasil.com.br/diarios/894398/dou-secao-3-30-09-2009-pg-159 

-Graprohab 
Luiz Alfredo Kiehl Galvão - Protocolo 8929 - Loteamento “Fazenda Santana da Lapa” - Campinas - Solicita prorrogação de prazo por mais 180 (cento e oitenta) dias para entrega de cumprimento de exigências técnicas - DEFERIDO http://lamp.habitacao.sp.gov.br/graprohab/atas/ata212008p2.pdf  24/6/08

-Condepacc
http://www.campinas.sp.gov.br/uploads/atas/145933_Ata339.pdf  9/6/03
CONSELHO DE DEFESA DO PATRIMÔNIO CULTURAL DE CAMPINAS CONDEPACC  ATA 339
16 - Protocolado nº 05/11/10320 PDU. Interessado: José Georgino Lobo. Assunto: solicitação para aprovação de arruamento e loteamento com a denominação Fazenda Santana da Lapa localizada na gleba 21 - qt. 30023 no Distrito de Joaquim Egidio - imóvel dentro da faixa de 100,00 metros de proteção de bem tombado os Traçados Urbanos e Caminhos Históricos e Remanescentes dos Distritos de Sousas e Joaquim Egidio. DEFERIDO, pois o projeto atende aos prescritos estabelecidos pela resolução nº 58/05.

http://www.campinas.sp.gov.br/bibjuri/comunsn11-21122004.htm- O Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Campinas - CONDEPACC, em sua reunião do dia 16 de dezembro de 2004, decidiu a abertura "ad referendum" do processo de estudo de tombamento nº 11/04, destinado ao estudo de tombamento do conjunto arquitetônico da Fazenda Santana da Lapa - Distrito de Joaquim Egídio
http://www.campinas.sp.gov.br/bibjuri/comunsn6-03032005.htm  -O Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Campinas - CONDEPACC, em sua reunião do dia 24 de fevereiro 2005, decidiu homologar a abertura "ad referendum" do processo de estudo de tombamento nº 11/04, destinado ao estudo de tombamento do conjunto arquitetônico da Fazenda Santana da Lapa - Distrito de Joaquim Egídio.
-Congeapa reunião 7/4/09 http://2009.campinas.sp.gov.br/uploads/2055202225.pdf  A conselheira e presidente Giselda passa a palavra para os convidados da empresa Arbórea Ambiental (que realizará a apresentação das mudanças do projeto), empresa esta responsável pela elaboração do RAP do empreendimento Fazenda Santana da Lapa...

DESPACHO
Protocolado 06/10/29317
Interessado Arbórea Planejamento Projeto e Consultoria S/S Ltda
O CONGEAPA - Conselho Gestor da APA, reunido no dia 09 de novembro de 2006, recebeu
para análise, o processo acima, do Loteamento Residencial Fazenda Santana da Lapa, através
de requerimento encaminhado pela interessado a este Conselho. CONGEAPA deliberou:
Tendo em vista a declividade natural do terreno ser superior a 10 m. em alguns trechos,
solicitamos a convocação do representante da interessada para esclarecer o parcelamento em
função da declividade.
À SEPLAMA para encaminhar ao Setor de Expediente para convocar o interessado.
Aprovado na reunião 16 de novembro de 2006.
ALAIR ROBERTO GODOY
Presidente

3-Reserva da Mata :
http://www.jusbrasil.com.br/diarios/31913119/dosp-empresarial-01-11-2011-pg-35  RESERVA DA MATA EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA torna público que requereu à CETESB a Licença Prévia para o Loteamento Residencial Reserva da Mata, Campinas, SP mediante a apresentação do Relatório Ambiental Preliminar - RAP. Declara aberto o prazo de 30 dias a partir da publicação desta nota, para manifestação, por escrito, de qualquer interessado. A solicitação deverá ser protocolada.Departamento de Avaliação de Impacto Ambiental, Av.Professor Frederico Hermann Junior, 345 - Alto de Pinheiros, CEP 05459-900, São Paulo -SP.


Movimento Resgate o Cambuí
Departamento de informação
“A terra passou para as mãos dos especuladores com a facilidade com que um rio corre para o mar, com a diferença que a terra não evapora das mãos imobiliárias e não chove de volta [...]; antes, fica aprisionada entre muros altíssimos, indevassável à própria vista, impenetrável à passagem, atentando contra a liberdade”.
Maria Cláudia França