sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Transparência é o primeiro passo para barrar corrupção'

Ministra diz que pretende estender a reorganização dos setores de precatórios ao maior número de tribunais possível



MARIÂNGELA GALLUCCI / BRASÍLIA - O Estado de S.Paulo
12 de fevereiro de 2012

Aliviada após o Supremo Tribunal Federal ter-lhe devolvido os poderes de investigação de juízes e de tribunais dos Estados, a corregedora do CNJ, Eliana Calmon, faz planos de estender a outros tribunais o trabalho de reorganização dos setores de precatórios, com o objetivo de garantir os pagamentos e impedir a corrupção.
Como é o trabalho de reestruturação dos setores de precatórios feito pela corregedoria?
Organizamos os setores dos tribunais e ensinamos aos funcionários como lidar com precatórios. O que verificamos é que até os próprios presidentes de tribunais tinham dificuldades em se inteirar sobre o que estava acontecendo no setor de precatórios.
A reestruturação afasta os riscos de desvio?
Com a reestruturação, a possibilidade de irregularidades é muito pequena. A transparência é o primeiro passo para barrar a corrupção.
A corregedoria encontrou suspeita de corrupção em algum TJ?

Para continuar lendo clique aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário